Cadastre seu E-mail...

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Música no Portal da Fé

O Projeto "Música no Portal da Fé" foi contemplado pelo Programa Comunidade Participativa da Vale.

Projeto “Música no Portal da Fé”
Quem somos?
A União Missionária Neotestamentária Portal da Fé, é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, voltada a atender crianças carentes, com o intuito de incluílas na sociedade  de maneira sadia e correta, lhes dando carinho e educação.
Inclusão da música
A Música está presente na história de todos os povos e civilizações, e desde os primórdios, a música faz parte do dia-a-dia das comunidades.
O Projeto
Ressalto que esse Projeto vem reforçar outros trabalhos e ações que já estão em andamento em nossa União Missionária, entre eles: informática, esporte, história, canto, religião e outros. Idealizando a inserção da arte da Música, a qual contribuirá para a criação do relacionamento sócio-cultural de nossas crianças e do bom relacionamento entre comunidade, Escola e Família.
Assim, estamos certos que a presente proposta servirá para desenvolver a auto-estima, valorizar os dons apresentados para a musicalização e contribuirá fortemente para melhoria da disciplina de nossas crianças.
O “Projeto Música no Portal da Fé” surgiu da necessidade de oferecer às nossas crianças, uma atividade que vá além do currículo e do âmbito Familiar e Escolar.
Nosso Objetivo
Com tudo isso, por intermédio do “Projeto Música no Portal da Fé” espera-se que o amor e apreço pela Música irradie de nossa União Missionária para dentro da casa de cada criança e para o cotidiano de nossa comunidade de modo geral, visando entre outras coisas a diminuição de tempo ocioso, contribuindo para a não inserção do aluno na marginalização, na violência, ou qualquer outra ocupação negativa para sua formação.
A presente proposta conta com o apoio dessa renomada Instituição chamada Vale e se espelha em alguns bons exemplos que tive a oportunidade de conhecer pessoalmente ou pela internet, como por exemplo: A história do Menino trompetista, o qual enviou uma  carta de agradecimento relatando o seguinte...
Senhor Gerente,
                   O senhor não me conhece. Foi minha mãe quem me arrumou o seu e-mail. Estou lhe mandando este mail de New Orleans, para mim, a capital mundial da música. Sim, sou músico e nasci aí. Toco trompete na Fuzzy Bossa (sim, dos Fuzileiros Navais) e estamos em excursão pelos Estados Unidos.
                   E o senhor deve estar se perguntado, o que eu tenho a ver com isso?
                   Pois tem. Hoje eu realizei um dos grandes sonhos da minha vida. Em todos lugares onde toquei, o trompete era sempre da banda. E o sonho era um trompete meu. Pois comprei ontem com o dinheiro que vim economizando na excursão e mais o que a minha mãe mandou.
                   Mas não estou lhe escrevendo para contar as nossas economias para conseguir comprá-lo, mas sim por eu ter me tornado músico e ter essa felicidade agora, no dia em que faço 21 anos. O trompete esta aqui ao meu lado, o qual irei estrear hoje em nosso show.
                   Quando eu tinha 12 anos, essa Instituição, através do Programa de Incentivo à cultura, concedeu uma verba para Instituições da minha cidade, que por sua vez, pode comprar instrumentos para a criação de um Projeto musical Infantil, eu tomei gosto, aprendi, e hoje estou aqui.
                   Entendeu? Obrigado!
                   Um sustenido abraço